Fit6


25 de Novembro de 2019

Chá e infusões- conheça os seus benefícios medicinais

Chá e infusões- conheça os seus benefícios medicinais

O chá e infusões não são bebidas recentes, antes pelo contrário. São bebidas cheias de história e o seu consumo tem sido objeto de estudo ao longo de vários anos, dando cartas junto da ciência.  

Chá 

Apesar de existirem diferentes variedades de chá, esta bebida tem em comum o facto de ser elaborada a partir das folhas da Camellia Sinesis. É a mesma planta, a Camellia Sinesis, que através do processo de oxidação/fermentação e secagem das folhas dá origem a quatro tipos de chá, com aromas diferentes: o chá branco, chá verde, chá oolong e chá preto. 

Estes têm na sua composição a teína, uma substância idêntica à cafeína. Para além desta substância, a planta Camellia sinensispossui outros componentes naturais, como flavonoides, catequinas, polifenóis e vitaminas, associados a diversos benefícios para a saúde. 

Infusão 

Todos as outras bebidas vulgarmente denominadas de “chás” ( de cidreira, camomila, tília, entre outros), são infusões mas não é por isso que não apresentam vantagens “medicinais”.

Em inglês chamado de tisanes ou herbal teas, a infusão é feita a partir de flores, folhas, raízes ou sementes de plantas ou ainda cascas de frutas.  

Apesar de chá e infusão não serem o mesmo, é a mistura destes que mais se encontra no mercado, e por isso a denominação geral de chá.  

Há quem tome esta bebida às cinco, quem a prefira fresca ou quem não o dispense nestas noites frias para aquecer corpo e alma. E na perda de peso? Será que será interessante?

Muito mais do que o conforto à alma e ao corpo que nos dá nos dias frios de inverno, o chá e a infusão trazem vários benefícios vários para saúde e no processo de emagrecimento: 

Benefícios dos chás:

  • Função Antioxidante: Pela sua composição em polifenóis e fitoquímicos são excelentes aliados no processo de desinflamação e na ação anti-envelhecimento.
  • O chá verde, particularmente, tem dado provas cientificamente, que promove a queima de gordura e acelera o metabolismo (efeito termogénico), promovendo a perda de peso e massa gorda.
  • Função Revitalizante/Energética- Embora tenham menos cafeína que o café, as variedades de chá com mais teína (verde, preto, oolong) promovem energia durante um período de tempo mais longo, auxiliando também na produtividade. 

Benefícios de algumas infusões: 

  • Melhora o sistema imunitário- Infusão de equinácea é um dos melhores remédios para combater o resfriado e outras infeções respiratórias. 
  • Combate as insónias e alivia o stress, nomeadamente as infusões de camomila, passiflora, valeriana e lúcia-lima que originam efeitos promotores de relaxamento. Recomenda-se a toma de uma chávena de chá 30 minutos antes de dormir ou mesmo depois do jantar, para controlar eventuais sintomas de fome noturnas. 
  • Melhora os processos digestivos: As infusões de hortelã-pimenta, e o rooibos acalmam os sintomas digestivos (cólicas, espasmos, dores abdominais, etc) 
  • Efeito drenante: O dente de leão, a cavalinha, a centelha asiática, entre outras, são plantas que promovem a eliminação de líquidos do organismo, por melhorarem a circulação.
  • Efeito desintoxicante: A alcachofra (sim, em infusão) e o cardo mariano ajudam a promover a boa função hepática. 

Tanto a infusão como o chá, ajudam no processo de emagrecimento, visto que:

  • Não têm calorias- o seu consumo pode ser recomendável para situações de perda de peso.
  • Promovem uma sensação de conforto/saciedade e consequentemente, pode ajudar a controlar a vontade de doces, associado à ansiedade. 

Cuidados na sua ingestão: 

Os chás derivados Camellia sinensis, pela sua concentração em teína, não são aconselhados a grávidas, hipertensos, pessoas com ansiedade, doenças cardiovasculares, entre outras. Para além disso, pela sua ação estimulante não é recomendado a sua toma à noite para não prejudicar o sono. 

Não substituem a ingestão de água. Devem ser utilizados como um complemento.

Por se tratar de plantas com um efeito e não apenas uma simples bebida, não deve utilizar chás para tratar doenças. Deve consultar o seu médico ou nutricionista para que possam avaliar e aconselhar o mais adequado associar no seu caso.

No caso de dúvida, contacte sempre o seu médico ou nutricionista.  Nem todas estas bebidas são aconselhadas à população em geral e devemos ter em atenção as características de cada uma delas.